ItalianoHrvatskiEnglishFrançaisDeutchEspañolPortuguesePo PolskuSlovakia     

 

Homília do quinto domingo de Quaresma

As  leituras  deste domingo nos antecipam a Ressurreição .Nos falam da passagem da morte para a vida . Páscoa é passagem .É transformação de escravidão em liberdade . O povo de Israel a celebrava recordando a passagem do Egito para a terra prometida .O mar se abriu e o povo se colocou em caminho em direção à  liberdade .
Em Jesus Páscoa é a passagem da morte para a vida . É a revelação de que a vida é eterna , que Deus vence a morte , que o amor e a misericórdia de Deus manifestados na cruz de Jesus são mais fortes do que o pecado que o matou . Hoje ,há duas semanas da Páscoa parece que a Igreja atrasa o relógio e começa a antecipar este mistério luminoso de nossa fé : Jesus ressuscitou para fazer com que nós também ressuscitemos . Jesus está vivo para nos dar a vida . Jesus é a misericórdia que se revela mais forte do que o pecado para que nós também possamos sair de cada sepultura aonde o mal nos fecha e nas quais algumas vezes coloca uma pedra . E,xistem tantas mortes das quais devemos ressuscitar e a Palavra de Deus de hoje nos revela algumas .
A primeira leitura nos fala da morte da liberdade .Quando o profeta Ezequiel diz ao povo em nome de Deus estas palavras : “Eu abro as vossas sepulturas , vos faço sair de vossos túmulos , o meu povo , e vos reconduzo à terra de Israel “ o povo  é escravo e Israel foi ocupada , a terra foi devastada , o templo foi destruído e o povo perdeu tudo , se sente morto . Existe ainda mas está morto por dentro , é escravo na Babilônia . Quando o homem perde a liberdade da sua casa , da sua terra e perde a fé ,está  vivo mas morto por dentro . Então Deus se revela como Aquele que é capaz de ressuscitar a esperança , a esperança daquela terra prometida nos corações dos povos . Deus faz ressurgir a liberdade , quantas vezes experimentamos isso . Existem tantas terras nas quais foi exaustivo conquistar a liberdade . Pensemos nos anos de comunismo onde a liberdade era esmagada por um sistema no qual se tinha uma terra mas não se sentia livre , uma casa mas não se tinha a liberdade de viver nela . João Paulo II , por sua fé , fez desabar os muros que na história separavam as terras , os povos e as nações . Aquele apelo “Abram as portas a Cristo “ feito ao coração dos homens , às famílias , aos sistemas políticos no início do pontificado foi uma benção que passo a passo fez cair todos aqueles muros da história que impediam ao homem a liberdade .  “Eu abro as vossas sepulturas , vos faço sair de vossos túmulos “ . O mal nos prende na tristeza , na mentira , no medo . A liberdade e a verdade de Deus abrem ,como um mar que se abre no qual se pode caminhar .
A segunda leitura fala de uma outra morte da qual devemos ressuscitar . Quando São Paulo fala aos romanos a pequena Comunidade cristã nascida em Roma não é escrava . São Paulo anuncia, no entanto, que o homem precisa ser liberado por dentro . Não basta a liberdade política , não é suficiente possuir uma terra , uma casa . Se o homem não é libertado por dentro não é verdadeiramente livre . São Paulo anuncia a existência de uma tentação que nos faz perder a alegria e a liberdade da verdade : aquela de nos deixar dominar pela carne . Viver sob o domínio da carne é a nossa escravidão , o prazer das coisas não nos dá a liberdade mas a tira de nós . Quantas vezes nos iludimos que são as coisas das quais gostamos que nos dão a liberdade .Depois percebemos que o prazer nos compra a liberdade , nos torna escravos e nos humilha . Então , como é importante par nós ressuscitar , nos transformarmos em homens novos . São Paulo anuncia : “ Vocês ,no entanto, não estão sob o domínio da carne mas do Espírito , do momento em que o Espírito de Deus vive em vós “. Esta é a verdadeira liberdade .Aquela de ser habitado pelo Espírito de Deus . Viver segundo os prazeres , daquilo que facilita aparentemente a vida , mas que depois na realidade  a destrói por dentro , esvazia a vida da sua verdadeira força , esvazia a vontade da sua fibra e do seu valor , esvazia a liberdade porque a liberdade iludida depois é desiludida e enganada . Quando você está habitado pelo Espírito existe a vida , existe a liberdade do coração , existe a liberdade mesmo após o pecado , após a fragilidade .Porque é aquela liberdade de consciência que na verdade se deixa abraçar pela misericórdia de Deus .
No Evangelho Jesus entra nesta casa onde a cada passagem Sua Marta, Maria e Lázaro faziam a experiência da vida ,de Alguém que dá uma carga à vida , que acorda do sono da morte , porque Deus não é o Deus dos mortos mas é o Deus dos vivos . “Eu sou “, diz Jesus a Marta , “a Ressurreição e a vida “ : que palavras grandiosas ! Existe a verdade da vida de Jesus e a verdade daquilo que Jesus veio trazer : a Ressurreição e a vida .
Jesus veio dizer aos mortos : “Venham para fora “ . A quem é prisioneiro : “ Você está livre “ . A quem é cego : “Veja “ . A quem é mudo : “Fala” .A quem é surdo : “ Escuta “.
Porém , Jesus hoje se comove , chora : é o amor de Deus que chora pelo homem , por seu amigo morto . Jesus nos revela a humanidade de Deus .Deus nos ama tanto a ponto de chorar pela nossa morte como nós choramos a morte de um amigo , de uma amiga , de uma mãe , de um pai , de uma irmã  , de um filho. Jesus chora pelo amigo Lázaro morto , chora por aquela família que sofre ,chora por cada homem que a morte arrebata do  grande dom de Deus que é  a vida . Mas o amor de Deus não se detém no pranto , dá um passo avante :esta é a nossa esperança ! Se também choramos uma amiga , uma irmã , um filho , não termina tudo ali .Porque Jesus vai àquele tumulo e move a pedra que foi colocada . Daqui há duas semanas  não se precisará de ninguém para retirar a pedra colocada na sepultura de Jesus , será a força de Deus Pai que dirá a Jesus : “Venha fora ! “ . Agora é Jesus , o Filho de Deus que diz ao homem , que grita : “ Lázaro , venha fora ! “ . É Deus que diz ao homem :”...não fique ali dentro dos seus pecados , dentro das suas trancas , nos seus medos , nos seus projetos que às vezes se tornam um túmulo , dentro dos seus pensamentos , dentro do seu egoísmo , do seu orgulho ... não fique lá dentro , venha fora “ . O homem é feito para a liberdade , para os grandes espaços , luminosos .Não é feito para um quarto escuro , cinza, coberto por uma pedra . “O morto saiu , os pés e as mãos amarrados com faixas  e o rosto envolvido por um sudário” . Jesus disse a eles : “ Liberem-no e o deixem caminhar”.
Madre Elvira quando na Comunidade chegava alguém da prisão , dizia : “ Lembre-se de que você saiu da prisão mas existe uma outra bem mais triste , com barras bem mais rígidas e duras do que aquela que você deixou . Existe a prisão do pecado , da tristeza , da mentira , da falsidade “ . Jesus dá novamente uma casa , uma terra ,um lugar aonde se pode encontrar a liberdade . Jesus liberta pessoas que eram escravas dos prazeres da carne : o prazer da droga ,do sexo, dos alimentos , da violência , da transgressão e endereça aquela liberdade em um modo novo. A vida daqueles jovens habitada pelo Espírito de Deus se transforma em um corpo de carne capaz de gestos de pureza e de amor verdadeiro .Jesus ressuscita os mortos . Quantos “Lázaros “ ressuscitaram na Comunidade . Saíram da preguiça, da sujeira , de uma vida triste , da depressão , do pecado que entristece , embrutece e fecha . Lázaro é enfaixado , preso pelo mal , porque o mal te prende , te impede gestos de amor , gestos de liberdade , te impede de caminhar , de olhar , de falar , de escutar , de amar , de abraçar , de estender a mão . Lázaro é ressuscitado e libertado . Peçamos ao Senhor que neste caminho em direção  à Páscoa também nós possamos renascer lá onde às vezes o mal nos prende . Quando o homem diz “ Eu creio” surge uma nova vida . Peçamos por nós e por tantos que precisam renascer na liberdade verdadeira . Obrigado .

Print this pagePrint this page