ItalianoHrvatskiEnglishFrançaisDeutchEspañolPortuguesePo PolskuSlovakia     

 

pointerHome 

Janeiro 2008

"A alegria, o perdão, a esperança, a paz, a fé são valores que todos nos levamos para dentro: agora devemos ter a coragem de vivê-los. Em qual Comunidade, em qual família existe a coragem de falar de fé quando as coisas não acontecem do jeito que nós gostaríamos? Fé significa que você não entende uma situação mas que você quer ativar a vontade e crer. Fé significa não querer viver só para si mesmo mas para doar tudo a todos.

È a fé que nos abre os olhos para saber servir, amar, intuir, se realegrar, è na fé, dentro de nos, que há aqueles valores dos quais não devemos falar muito mas devemos aprender a colocá-los na nossa vida concreta. E a primeira preocupação que deveríamos ter para a nossa vida e a dos outros è: como è a fé? Por isto estou feliz quando ouço pais que pedem aos filhos: "Você rezou o Terço? Você foi na Missa domingo?"

Que tristeza quando os pais se preocupam somente das coisas materiais, das coisas que gostam, que não valem nada sem o suporte da fé, da esperança, do amor. Aprendemos a viver simplesmente a nossa identidade e a agradecer porque somos uma riqueza uns para os outros.

Quanta luz e quantos dons têm dentro de vocês, dentro de nos: pedimos a Nossa Senhora de sermos mulheres de paz, mulheres silenciosas e livres.

Fazemos com que tudo o que somos possa emergir no bem, que possamos saboreá-lo, vê-lo. Nossa Senhora nos ajude a viver a verdade de nos mesmos no pensamento, no olhar, no abraço de Deus que nos criou e que nos ama como somos.

Começamos a andar com Jesus e com Maria neste caminho de dentro, a conhecer bem nos mesmos e descobriremos que a vida de cada um de nos è um tesouro único e muito precioso".

Print this pagePrint this page